A história do Kumon

A fundação da empresa

O método Kumon nasceu do amor de um pai pelo filho em 1954. Toru Kumon, um grande pai e experiente professor de matemática no ensino secundário, apercebeu-se de que o filho Takeshi tinha algumas dificuldades nessa disciplina na escola. Como profissional, Toru Kumon acreditava que os educadores têm a responsabilidade de fomentar a capacidade das crianças para aprenderem por si mesmas, por isso criou uma série de materiais para incentivar Takeshi a trabalhar de forma autónoma. Todos os dias, preparava umas folhas de estudo de matemática que o filho tinha de resolver.

Os resultados de Takeshi melhoraram de forma notória e, após o êxito do filho, Toru Kumon convidou algumas crianças do seu meio a estudarem do mesmo modo. Todos eles também melhoram imenso o seu rendimento. Essa experiência, aliada ao desejo de Toru Kumon de ajudar tantas crianças quanto fosse possível a desenvolverem todo o seu potencial, foi o que o levou a abrir, em 1955, o primeiro centro Kumon de matemática em Osaka (Japão).

Em 1962, a Kumon chegou a Tóquio e, em 1969, já estudavam na Kumon mais de 10.000 alunos.

Os primeiros anos de expansão internacional

Em 1974, Toru Kumon publicou um livro intitulado O segredo da matemática Kumon, no qual expunha os objetivos do método Kumon e a sua eficácia até então. Foi muito bem recebido e gerou uma avalanche de consultas. Ao mesmo tempo, a Kumon começava a expandir-se internacionalmente com a abertura do seu primeiro centro fora do Japão, em Nova Iorque (Estados Unidos). No Japão, o número total de alunos matriculados na Kumon continuou a crescer, até alcançar 200.000 em 1977.

Durante a década de 1980, a Kumon expandiu-se geograficamente e aumentou o número de programas. Em 1980, abriu com êxito o primeiro centro Kumon na Europa, mais concretamente na Alemanha, e chegou ao mercado do Reino Unido em 1983. Também criou um programa de inglês como língua estrangeira para falantes nativos de japonês em 1980, bem como um programa de japonês para falantes nativos de japonês em 1981. No final dos anos 80, a Kumon contava com filiais e centros de estudo associados no Brasil, Alemanha, Reino Unido, Austrália, Hong Kong e Canadá. Em 1989, o número total de alunos matriculados ultrapassava o milhão e meio.

Significado do logótipo da Kumon

O método Kumon incentiva tanto os alunos como os orientadores a refletirem profundamente para resolverem os exercícios e elaborarem as respostas. A letra O do nosso logótipo representa uma cara pensativa. É a expressão dos alunos da Kumon que aprendem, pensam e crescem nos centros da Kumon do todo o mundo. Representa ainda as caras de todos os envolvidos na Kumon. Tanto os membros com funções administrativas como os orientadores partilham a vontade de crescer e melhorar, colocando a educação e o desenvolvimento do potencial de cada criança no topo das nossas prioridades.

A cor azul Kumon do nosso logótipo representa a inteligência, a honestidade e o céu que o mundo inteiro partilha. Além disso, simboliza a nossa esperança de que o mundo esteja unido, de que o futuro dos nossos filhos seja extraordinário e de que as pessoas de todo o mundo refletiam seriamente sobre a importância da educação.

A Kumon em Portugal

A Kumon continuou a sua expansão global, com mais de 4 milhões de alunos em mais de 50 países e regiões de todo o mundo.

Fruto desta expansão, serão inaugurados vários centros em Portugal ao longo de 2019. Estes primeiros centros já oferecem dois programas: Kumon Matemática e Kumon English.

Consulte a linha cronológica para ver mais detalhes sobre a expansão do método Kumon no mundo.
Década de 1950
1954
Toru Kumon, professor de matemática no ensino secundário, começa a ajudar o filho Takeshi, que então frequentava o ensino secundário, utilizando um conceito baseado na aprendizagem autónoma. Em folhas soltas, preparou um grande número de exercícios de cálculo para o filho. Foi essa a origem do método Kumon.
1955
Abre em Osaka (Japão) o primeiro centro de matemática onde são usadas as folhas de estudo Kumon.
1958
É estabelecida em Osaka (Japão) a sede do Instituto de Matemática de Osaka, que se tornaria naquele que é hoje o Kumon Instituto de Educação.
1959
Toru Kumon cria o quadro de honra de alunos avançados para recompensar os alunos que, aprendendo de forma autónoma, superam o nível correspondente à sua idade.
Década de 1960
1962
É fundado o Instituto de Matemática de Osaka.
1968
Toru Kumon deixa o Instituto Municipal de Educação Secundária Higashi em Osaka, onde trabalhava, pondo assim fim à sua carreira docente, para se dedicar ao negócio do Instituto Kumon.
1969
O número de alunos do método Kumon ultrapassa os 10.000.
Década de 1970
1974
Abre o primeiro centro Kumon fora do Japão, em Nova Iorque (Estados Unidos). O método Kumon sai do país pela primeira vez.
1975
O número de alunos do método Kumon ultrapassa os 100.000.
1976
Pela primeira vez, um aluno resolve a última folha de estudo do programa de matemática da Kumon.
1977
O primeiro aluno do ensino pré-escolar que consegue resolver equações lineares fá-lo graças ao programa de matemática Kumon.
1978
Takeshi Kumon, filho de Toru Kumon e primeiro aluno do método, é nomeado presidente do Kumon Instituto de Educação
1979
A Kumon chega à Europa para oferecer o seu programa de matemática na Alemanha.
Década de 1980
1980
É preparada a primeira Bibliografia Recomendada da Kumon.
1981
O número de alunos da Kumon ultrapassa o milhão.
1983
Abre o primeiro centro Kumon no Reino Unido.
1987
É realizado o primeiro Congresso Internacional da Kumon no Kumon Kyoiku Kaikan de Osaka, Japão.
1988
Quando a subdiretora da escola Sumiton, no Alabama (Estados Unidos) vê um programa de televisão sobre a Kumon, fica convencida da eficácia do método e pensa que pode ajudar verdadeiramente os seus alunos a ultrapassarem a aversão à matemática. É a primeira vez que o método Kumon é utilizado dentro do horário letivo de um centro educativo fora do Japão. Os resultados são ainda melhores do que o esperado e esse enorme êxito começa a ser conhecido nos meios de comunicação como “o milagre de Sumiton”. A publicidade gerada por este caso ajuda a Kumon a dar-se a conhecer e a abrir cada vez mais centros em todo o mundo.
Década de 1990
1991
É criado o Kumon Instituto de Educación de España.
1993
O número de alunos do método Kumon em todo o mundo ultrapassa os 2 milhões.
1995
O professor Toru Kumon falece a 25 de julho, aos 81 anos.
1997
A 7 de janeiro falece o presidente Takeshi Kumon.
2000-2009
2001
É criado o novo logótipo da Kumon. O número de alunos do método Kumon em todo o mundo ultrapassa os 3 milhões.
2006
O número de alunos do método Kumon em todo o mundo ultrapassa os 4 milhões.
2008
O grupo Kumon celebra o seu 50.º aniversário.
2010-2019
2014
Orientadores da Kumon oriundos do todo o planeta reúnem-se no Japão para celebrar o centenário do nascimento do fundador do grupo, Toru Kumon.
2017
A Kumon já está presente em 50 países e regiões de todo o mundo.
2018
O grupo Kumon celebra o seu 60.º aniversário. É lançado o programa de inglês como língua estrangeira em Espanha (Kumon English).
2019
Abre o primeiro centro Kumon em Portugal.